Filter Results
15258 results
O Herbário Rioclarense pertence ao Instituto de Biociências da UNESP, campus de Rio Claro, e foi oficialmente fundado em 23 de junho de 1977, pelo Prof. Dr. Giorgio de Marinis, que se tornou também seu primeiro curador. Em agosto de 1978, o Herbário Rioclarense obteve seu registro internacional junto à International Association for Plant Taxonomy (IAPT), com a sigla HRCB. Atualmente a curadoria do herbário é do Prof. Dr. Julio Antonio Lombardi. O HRCB guarda em seu acervo coleções principalmente de Fanerógamas e Pteridófitas, e consiste em uma das mais importantes coleções de plantas do Estado de São Paulo. Dentro deste acervo, algumas coleções destacam-se pela importância, tais como: coleção da “Flora da Planície Litorânea de Picinguaba – Ubatuba”; a coleção histórica do Padre José Pivetta; as coletas dos cerrados e florestas da região, principalmente de Itirapina e Corumbataí e duplicatas de determinados taxa recebidas de herbários brasileiros e do exterior, como Celastraceae, Bignoniaceae, Nyctaginaceae, Styracaceae, Vitaceae e Lauraceae. 24,430 occurrences
Data Types:
  • Other
Este herbário tem o objetivo de ser depositário das coleções botânicas do sudoeste do Estado de Mato Grosso. O acervo reune amostras botânicas do Pantanal, do Cerrado, e de áreas Florestais do domínio Amazônico (Floresta estacional Semidecidual, Floresta Ombrófila Aberta, Floresta Ombrófila Fechada), além de amostras de plantas cultivadas advindas de estudos etnobotânicos e agroecológicos. Os grupos depositados compreende: Briófitas, Monilófitas, Licófitas, Gimnospermas e Angiospermas sendo o último o maior grupo. 2,873 occurrences
Data Types:
  • Other
The University Herbaria of Clermont-Ferrand are the third national botanical collection. This is a huge scientific heritage which has more than 430 000 units, combined for four centuries by hundreds of botanists 250,146 occurrences
Data Types:
  • Other
The collection of mammals of the Muséum national d’Histoire naturelle (MNHN) started during the XVIIIth century. The collection grows regularly with specimens collected during scientific expeditions and animals from zoological parks (Zoo de Vincennes, Ménagerie du Jardin des Plantes, Parc de la Haute-Touche) or care centers. The collection is constituted by skeletons (mounted or not), skins (mounted or not), casts, specimens or organs in fluid (alcohol or formalin), and tissues. The database ZAC (acronym for “Zoology, Comparative anatomy”) exists since 2010. It is the result of the merger of MAMMALIA (former collection of “Zoologie, Mammifères et Oiseaux”) and ANATOMIC (former collection of “Anatomie comparée”). For many groups, computerization is at a preliminary stage, and most entries have not yet been checked for errors or verified against the collections. More detailed information can be obtained by writing to the curators and collection managers. The database will help you prepare loan requests or visits to the collection. For any request contact: http://colhelper.mnhn.fr/ 88,497 occurrences
Data Types:
  • Other
A Coleção do Herbário da Universidade do Extremo Sul Catarinense compõe um importante acervo da biodiversidade de plantas da região. O acervo possui atualmente 9.000 espécimes e está registrado no Index Herbariorum. 13,445 occurrences
Data Types:
  • Other
A Coleção de Listeria (CLIST), situada no Laboratório de Zoonoses Bacterianas (LABZOO), dedica-se à identificação, preservação, armazenamento, distribuição e caracterização e identificação de bactérias de interesse médico, veterinário e de transmissão por alimentos, epidemiologicamente relacionadas às zoonoses. Além de desenvolver projetos de pesquisa específicos, a CLIST presta serviços especializados a instituições públicas de pesquisa e ensino ou ainda setores da indústria, como: depósito, identificação e caracterização antigênica de isolados originais depositados ou não no acervo; na distribuição de cepas de referência, com a finalidade de desenvolver pesquisas científicas e no treinamento de recursos humanos e consultoria técnico-científica em suas áreas de atuação. O acervo engloba bactérias patogênicas pertencentes aos gêneros Listeria e Yersinia provenientes de diversas fontes de infecção e transmissão. A CLIST tem uma expansão continua, preocupando-se principalmente, em manter viáveis as cepas de Listeria spp. e Yersinia spp. isoladas de diversas fontes e regiões do país e/ou exterior. Via de regra, as cepas se originaram de projetos de pesquisa acadêmicas ou da rede de laboratórios oficiais de saúde pública e instituições privadas, além das cepas de referência. A CLIST é filiada à World Federation for Culture Collections, WFCC, sob o registro WDCM 947. Para maiores informações acesse a página web da CLIST/For more information please visit the CLIST website: http://clist.fiocruz.br/ 57 occurrences
Data Types:
  • Other
O Herbarium Sérgio Tavares (HST), vinculado à Diretoria do DCFl/UFRPE, recebeu como núcleo inicial a coleção botânica organizada pelo pesquisador Sérgio Tavares, que na década de 1960, fomentado pela Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE), realizou o inventário florestal do Nordeste, com material de toda a região e de outros estados do Brasil, constituindo coleções biológicas, tanto para o herbário como para a xiloteca. Inicialmente contendo 4.600 exsicatas este foi ampliado posteriormente com coletas realizadas pela atual curadoria e doações de diversos herbários brasileiros. Atualmente o HST conta com o acervo de aproximadamente 15.500 exsicatas, devidamente informatizadas utilizando o Software BRAHMS. Além da coleção proveniente do inventário florestal do Nordeste, compõem também o acervo a coleção da flora do arquipélago de Fernando de Noronha. O HST atende tanto aos cursos de graduação de Engenharia Florestal, como também, ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais. Tendo fornecido subsídios para a conclusão de produções científicas como: monografias, estágio supervisionado, dissertações e teses. 22,092 occurrences
Data Types:
  • Other
Catalog of all fish catalogued in the collection of the Museum national d'histoire naturelle (MNHN) including dry specimens, otolith, tissus sample. The catalog include also the french type-specimens from the Muséum d'histoire naturelle de Lyon, the Muséum d'histoire naturelle de La Rochelle, the Musée océanographique de Monaco, the Musée zoologique de Strasbourg and the Université Claude Bernard Lyon I. GICIM was originally created in 1982 (J.DAGET and J.-C. HUREAU). 135,041 occurrences
Data Types:
  • Other
O acervo conta com cerca de 5.500 amostras de madeira, sendo cerca de 1.000 referenciadas por exsicatas de herbários, distribuídas em diversas instituições (MBM, INPA, UNAM, SPF, SP, JBRJ). A maior relevância da coleção é como xiloteca realmente representativa de áreas de cerrado do Brasil, com cerca de 1.500 amostras do Triângulo Mineiro, Mato Grosso e norte do Paraná, mas também possui cerca de 1.000 amostras da Amazônia. Há também coleções importantes para a Nicarágua, Mata Atlântica de São Paulo e os campos rupestres, que é o ponto forte do herbário SPF. Também são bem representados os taxa já estudados pela equipe, como Myrtaceae, Euphorbiaceae Leguminosae, Simaroubaceae, Rutaceae, Palmae. Uma das maiores coleções, com cerca de 600 amostras é coleção de referência para trabalhos arqueológicos da Missão Arqueológica Franco-Brasileira, que atua em convênio firmado entre o Museu de Arqueologia e Etnologia da USP e o Muséum Nacional d'Histoire Naturelle de Paris. Outra coleção destacada é a de dendrocronologia, contando com centenas de baquetas de amostragens não destrutivas obtidas com trados de incremento e motorizados e uma coleção de discos inteiros, obtidos de árvores caídas na mata ou de extrações comerciais. Associada à xiloteca, há uma coleção de mais de 5.000 lâminas histológicas, que são produtos e documentos dos trabalhos científicos produzidos nos últimos anos pelas equipes e pode-se dizer que são uma preciosidade, dada a elevada qualidade de nossas lâminas, reconhecida internacionalmente. A xiloteca SPFw apresenta intercâmbio com as xilotecas da Universidade Federal do Paraná (PRFLw), com o Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBw), USP Piracicaba (ESALQw), com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (BCTw), que apresenta a maior coleção do Brasil e com duplicatas em algumas das maiores coleções mundo como a do US Forest Service, em Madison (Mw), CIRAD Fôret, de Montpelier (França), e Hamburgo (Alemanha). A xiloteca SPF fornece madeiras para pesquisadores e estudantes do Brasil e do exterior, sendo depósito das madeiras do programa de pós-graduação em Botânica do Departamento de Botânica. Além disso presta serviços de identificação de madeiras para a comunidade em geral, atividades educacionais, sempre em atividades não comerciais e de pesquisa, sobretudo de material arqueológico. 5,953 occurrences
Data Types:
  • Other
O Herbário IPA - Dárdano de Andrade Lima, com 80 anos de existência, é a mais antiga e completa fonte de informação sobre a flora do Nordeste do Brasil, sendo uma referência mundial para as espécies do Bioma Caatinga. Possui um acervo de aproximadamente 91.000 exsicatas, contando com a maior coleção, do país, de plantas da caatinga, e uma das maiores em espécies de palmeiras do Brasil. Desse conjunto ainda faz parte um total de cerca de 200.000 duplicatas, utilizadas para estudos e intercâmbios. Entre as atividades desenvolvidas no Herbário IPA, destacam-se as pesquisas ligadas ao aproveitamento dos recursos naturais; o apoio às pesquisas desenvolvidas em todos os projetos da Empresa - IPA ligadas à agropecuária; registro dos estudos de floras de ecossistemas praticamente extintos, como as áreas inundadas por represas ou alteradas por ação antrópica; a preservação de material botânico oriundo de dissertações e teses realizadas no Brasil e mais especialmente os trabalhos realizados nas diversas Universidades de Pernambuco, e o apoio logístico à trabalhos científicos e de interesse popular, através de empréstimo ou doação de duplicatas. Em paralelo a essas atividades, disponibiliza sua infraestrutura como núcleo de formação de novos botânicos sistematas e de treinamento de especialistas. O público usuário do Herbário IPA pertence às mais diversas camadas da população, pelo fato de suas instalações estarem inseridas dentro de uma empresa que presta serviços à comunidade científica, e também a uma ampla faixa de produtores rurais. Não é, portanto incomum a procura de seus pesquisadores para identificar material botânico das diversas atividades agropecuárias. Entretanto, seu maior uso, é feito pela comunidade científica local e de outras regiões do Brasil e do Exterior. 78,576 occurrences
Data Types:
  • Other
5