Filter Results
15258 results
O HUCS, fundado em 1983, possui em seu acervo mais de 40.000 exsicatas entre fungos, liquens e plantas oriundas da flora nordeste do estado do Rio Grande do Sul e também de intercâmbios nacionais e internacionais. Neste acervo, há a coleção histórica de Jürgens & Stier – geógrafos alemães, que coletaram samambaias no início do século XX em nosso estado. 45,699 occurrences
Data Types:
  • Other
O Herbário CNMT iniciou suas atividades em 2010 e está lotado nas dependências da UFMT - Campus Universitário de Sinop, no Instituto de Ciências Naturais, Humanas e Sociais (ICNHS). Está situado no Município de Sinop/MT. O acervo do Herbário CNMT possui aproximadamente 7.000 exsicatas de diversos grupos vegetais (algas, briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas) provenientes de coletas realizadas na região, principalmente em ambientes de região amazônica bem como de ambientes de cerrado, uma vez que o município está localizado em ambiente de transição cerrado-floresta amazônica. Além das atividades de pesquisa, o herbário CNMT atende pesquisadores e alunos de graduação e pós-graduação. Os dados das exsicatas estão inicialmente incluídos em um banco de dados desenvolvido em planilhas do programa Excel, sendo posteriormente migrado para o sistema Brahms. Atualmente o acervo está em fase de informatização. O herbário CNMT apresenta uma série de intercâmbios de material com diversas instituições nacionais e estrangeiras, além receber de visitas de pesquisadores. Os intercâmbios de material englobam a permuta de duplicatas visando identificação por pesquisadores ou somente incremento no acervo. Amostras da coleção podem ser emprestadas a especialistas, por períodos determinados, através das curadorias dos herbários onde trabalham. 5,441 occurrences
Data Types:
  • Other
Seu acervo conta com 12.500 amostras registradas, entre angiospermas, gimnospermas e pteridófitas. A coleção abrange essencialmente material coletado no Paraná, em todas suas formações vegetais, com destaque para a Floresta Ombrófila Densa e ecossistemas associados. Outro grupo bem representado é o dos Campos e Cerrados. As famílias melhor representadas são Fabaceae, Asteraceae, Myrtaceae, Melastomataceae, Rubiaceae, Lauraceae, Poaceae e Cyperaceae. 16,299 occurrences
Data Types:
  • Other
Herbarium of 100 000 sheets 6,238 occurrences
Data Types:
  • Other
O Herbário CGMS da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, campus Campo Grande detém uma coleção com cerca de 35.000 espécimes, além de 10.000 em processo de incorporação devido a doação de duplicatas provenientes do Herbário HMS, extinto e distribuído recentemente. A coleção do CGMS, maior de Mato Grosso do Sul, é heterogênea com espécimes oriundos de diferentes regiões do estado. Deste modo o Herbário CGMS, conta com espécimes do Pantanal, Chaco, Cerrado, Florestas Estacionais da planície e das morrarias. Na coleção estão incorporados predominantemente espécimes de Angiospermas, além de alguns exemplares de Pteridófitas, Briófitas e Líquens. 64,841 occurrences
Data Types:
  • Other
O Herbário VIC foi fundado em 1930, por Ynes Mexia. Ele está sob a responsabilidade do Departamento de Biologia Vegetal, da UFV-Universidade Federal de Viçosa. É um herbário regional, com 54.000 espécimes e 42 exemplares-tipo, sendo o terceiro acervo do Estado de Minas Gerais. Botânicos ilustres depositaram parte de suas coleções no acervo do VIC, como: Agnes Chase, Howard S. Irwin e J. G. Kuhlmann. Seu acervo é constituído por algas, fungos e plantas, principalmente, Angiospermas provenientes de diversos ecossistemas do estado de Minas Gerais: caatinga, campo rupestre, cerrado, florestas semideciduais e ombrófilas incluídas no domínio da Floresta Atlântica, bem como, de outras regiões do Brasil. 35,384 occurrences
Data Types:
  • Other
O acervo da coleção é constituído principalmente por coletas da região de Sorocaba, que é marcada por formações fragmentadas de Floresta Estacional Semidecidual e Cerrado e concentra áreas bem preservadas de Floresta Ombrófila Densa, algumas destas ainda pouco documentadas quanto à composição de sua flora. Atualmente possui cerca de 2000 exsicatas. 5,049 occurrences
Data Types:
  • Other
This dataset is the databased part of the Hemiptera from the entomological collections of the Muséum National d'Histoire Naturelle (Paris). Alongside to the Thysanoptera, the Hemiptera collection is organized in 4 large units: Sternorrhyncha, Fulgoromorpha, Cicadomorpha and Heteroptera. The general collection is completed by nominal collections (Bagnall, Bergevin, Cohic, Dlabola, Mamet, Goux, Noualhier, Puton, Ribaut, Sorin…). This set, gathering over 7 million specimens and including 7.000 holotypes, is one of the asset of the Muséum entomological collection. From 30 to 70% of the 100.000 species described can be found in the collection, constituting therefore a major primary taxonomic information resource without equivalent in any other collection. The Palearctic and Afro-tropical regions are especially well represented, as well as Madagascar, the Réunion Island, New Caledonia, French Antilles, and French Guiana. The specimens are stored in dry, alcohol or microscopical preparations. 17,014 occurrences
Data Types:
  • Other
Survey of invasive species at the railroad stations along Bergensbanen. A total of 39 out of 41 stations (from Grindvoll/Skotselv to Trengereid station) at the railroad line between Oslo and Bergen were systematically surveyed including 1km of the tracks to each side of the station area. Georeferenced information about invasive species along the railroad line provide important information for the planning of contruction works to ensure correct treatment of soil including these species. Survey data collected with funding from Jernbaneverket to provide information about invasive species for planning purposes. 308 occurrences
Data Types:
  • Other
O HAS foi criado em 1971 para conservar amostras da flora do Rio Grande do Sul, constituindo-se a maior parte de seu acervo de material procedente deste Estado. É Coleção credenciada pelo CGEN/MMA como Fiel Depositária de amostras do Componente Genético por meio da Resolução Nº5, de 29.08.2002. Possui no acervo exemplares de Angiospermas, Gimnospermas, Pteridófitas, Fungos Liquenizados, Fungos, Briófitas e Algas, está com cerca de 21% de toda a coleção informatizada. A coleção de algas conta atualmente com mais de 14.909 lotes em líquido, contendo primordialmente microalgas e cianobactérias de água doce, com representantes de seis grandes divisões e nove classes: as Cyanobacteria, Chrysophyceae, Xantophyceae, Bacillariophyceae, Cryptophyceae, Dinophyceae, Euglenophyceae, Chlorophyceae e Zygnematophyceae. Possui também mais de 6.716 lâminas permanentes de Bacillariophyceae. É o herbário com o maior número de lotes em líquido contendo microalgas continentais do Brasil. 34,926 occurrences
Data Types:
  • Other
8