Impactos das projeções climáticas sobre o regime de vazões na Bacia Hidrográfica do Ribeirão Serra Azul (MG)

Published: 4 February 2021| Version 1 | DOI: 10.17632/ffjfbcsmyr.1
Contributor:
Maria Julia Degli Esposti Bergamasco

Description

As mudanças climáticas representam grande preocupação acerca do futuro, principalmente no que se refere aos recursos hídricos e as consequentes alterações de disponibilidade hídrica. Essa problemática juntamente com o continuo crescimento populacional acarreta em um cenário de estresse hídrico. Neste contexto, situa-se o exemplo da Região Metropolitana de Belo Horizonte que viveu, em um passo recente, a pior seca dos últimos 70 anos. Sendo assim, o presente artigo tem como objetivo avaliar a resposta do regime hidrológico da área de estudo frente aos cenários de mudanças climáticas. Para isso, foi utilizado o modelo chuva-vazão SMAP a fim de se obter as estimativas de vazão para o período de 2015 a 2050, com base nas projeções de precipitação e temperatura dos modelos climáticos MIROC5 e HADGEM2-ES. De modo geral, os modelos supracitados não apresentam um tendência clara em comparação aos dados observados, visto que ora eles superestimam e ora eles subestimam os dados de precipitação. Esta observação é confirmada ao analisar o comportamento do reservatório de abastecimento de água para a região metropolitana. Os cenários do modelo MIROC5 apresentam bons indicadores hídricos de confiabilidade e vulnerabilidade, porém apresenta baixos valores de resiliência. Já o modelo HADGEM2-ES representam valores insatisfatórios para todos os indicadores analisados, caracterizando-se como uma situação de insegurança hídrica.

Files

Institutions

Universidade de Sao Paulo

Categories

Hydrology, Climate Change Impact

License